Boas Vindas!!!

It’s alive! – Dr. Frankenstein

Depois de uma gestação longa (quase dois anos), de um parto sofrido e de mais um período na encubadeira, eis que finalmente trago à luz do mundo meu novo site com meu portifólio e blog. A criança poderia ser comparada a um monstro do Dr. Frankenstein, não, é claro e espero, pela aparência, mas também por ser formada por várias partes. No caso, várias partes dos diferentes interesses que compõem o meu repertório. No Blog vou falar sobre vários assuntos, sobretudo web design e ilustração. Entre os vários temas que vou abordar estão tutoriais e técnicas de CSS, traduções de artigos em inglês de sites como A List Apart, notícias afins, tutoriais sobre WordPress, dicas sobre ilustração e ilustradores, sobre livros ilustrados, etc. Aos poucos vou rechear a lista de links no menu ao lado com endereços de sites bacanas que encontro nas minhas excursões pela web. Também vou (tentar) manter atualizado o meu portifólio. E para começar, vou dar uma dica para os webdesigners. Vou falar sobre o WordPress, que já mencionei acima.

O que é WordPress

Uma grande dificuldade que sempre tive como webdesigner é com a programação. Meu perfil é de designer, designer mesmo. Sou formada em arquitetura e pós-graduada em design de hipermídia. Na pós-graduação aprendi noções de linguagem de programação, portanto não sou uma completa ignorante no assunto, mas também nunca aprendi a programar de verdade. Confesso também que apesar de ser um “plus a mais” para o meu currículo, nunca tive interesse em aprender, preferi me dedicar a outros conhecimentos.

Porém, esta deficiência era uma pedra no meu caminho, pois sempre ficava dependendo de um programador e nem sempre encontrava um disponível para fazer uma parceria. A situação chegou ao extremo quando estava elaborando de forma voluntária o site para a tradicional Festa do Divino de Mogi das Cruzes, e fiquei na mão, sem um programador. Tive que correr atrás de um gerenciador de conteúdo ou um CMS (content management system – sistema de gerenciamento de conteúdo), como os “ténicos” gostam de dizer.

Já havia trabalhado com o Publique! no site feito, também de forma voluntária, para a Fala Preta!, mas precisava de um gerenciador gratuíto, pois não havia verba para tanto. Também queria um gerenciador que obedecesse aos padrões web, que fosse fácil de usar e que tivesse versão em português. Parecia uma missão quase impossível. Consultei o Santo Google e encontrei alguns, mas não ficava satisfeita, porque eles não obedeciam a todos os quesitos necessários. Tentei um chamado Typolight, mas por ser muito recente, ainda não possuía uma boa documentação, a comunidade era muito pequena e as dúvidas eram todas tiradas em um fórum mediado pelo criador do programa, acabei desistindo. Até que mandei um e-mail para a lista wd-use pedindo uma dica. Um dos assinantes, Daniel Trenche, me deu a dica do WordPress.

No começo resisti um pouco, porque o WordPress é na verdade uma plataforma para blogs e eu não queria fazer um blog. Porém, o Daniel me convenceu mostrando um de seus sites, que não se parecia nada com um blog, ou seja, o WordPress é bastante flexível quanto ao design. Fiquei feliz, finalmente havia encontrado o que eu buscava: um gerenciador flexível, que atende aos padrões web, gratuíto, com versão em português, fácil de usar, tanto do ponto de vista do usuário final, quanto do desenvolvedor, constantemente atualizado, com uma boa documentação e com uma comunidade mundial bastante grande, e emergente no Brasil.

Consegui terminar o site e desde então tenho usado o WordPress em vários projetos, inclusive neste aqui. E cada vez mais eu gosto dele. Além das qualidades descritas acima, o WordPress também possui várias extensões/plugins e a cada nova versão, apresenta melhorias significativas. Hoje ele se encontra na versão 2.3, mas o lançamento da nova versão está programado para março. E agora o site do WordPress também ganhou tradução para o português, que, apesar de ser em português de Portugal, vai facilitar a vida dos brasileiros. Isto fatalmente ajudará a aumentar a comunidade do WordPress no Brasil, que já tem pelo menos dois sites grandes dedicados a ele: o WordPress Brasil e o Portal WordPress, além de comunidade no Orkut.

4 comentários sobre “Boas Vindas!!!

  1. Cátia, sabia que você era talentosa quando vi o site que fez para o Diego. Ao ver seu site fiquei impressionada de ver cada um de seus trabalhos. Um melhor que o outro. Parabéns!!!!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s