Meus pais são tão velhinhos e frágeis. Minha mãe mal consegue guardar o motivo de estarmos de máscaras, meu pai já acompanha pela TV e fica impressionado com as notícias. Eu aqui tentando tomar todo cuidado do mundo, com as mãos ásperas de tanto lavar, limpar e recomeçar tudo de novo, lavar roupa, limpar os pés, calçar sapatos, tirar sapatos, calçar chinelo, por máscara, tirar máscara, coçar os olhos, não pode, respirar, não pode. Tocar, não pode. Espirrei, é alergia ou estou doente? Tossi, a garganta está seca ou estou doente? Essa roupa, está limpa ou está usada? Eu já passei álcool nessa mesa? Onde coloco essa sacola de compras? Eu não quero que meus pais morram sozinhos, sufocados. E se eu morrer?? Quem vai cuidar deles? Preciso me destrair, não vou pensar mais, vou fazer umas poses de yoga do vídeo do Buzzfeed, não adianta. Renovo o aluguel? Vou ter dinheiro? Porque estou me preocupando? Eu sou privilegiada, as pessoas estão comendo do lixo, tacaram fogo nos barracos dos moradores de rua do lado de casa!! Foi o vizinho? Roubaram minha lixeira de plástico, fecharam meu registro. Foi o vizinho fascista ou foi um morador de rua? Eu preciso comer direito, dormir direito, viver direito. Minhas tias e meu tio como estão? E esse moço trabalhando de segurança à noite, e esses motoboys e ciclistas, fazendo entregas dia e noite, sem nenhum cuidado, essa merda de iFood, merda de tudo, merda de país, merda de presidente! E se o Brasil virar um Haiti, uma Síria?? Parece que o país está se desmanchando. Eu não reconheço mais isso tudo. Meme, meme, meme, meme, meme, meme, meme. Preciso ler alguma coisa que preste. Quando foi a última vez que vc leu alguma coisa?? Aaaaaaaahhhh Lava as sacolas, lava tudo na dúvida. Sacola de praia, precisa lavar? Quando vou poder ir a praia de novo? Calma, isso vai passar. Vai? E as crianças? E os idosos?? E os índios??

Veias entupidas de bolachas

atravessam um coração vazio.

Com a barriga cheia, mas a mente oca,

Mente louca!

olho meu corpo nu.

Na cama vazia no começo da noite

Dia longo, ouço a chuva silenciosa

Penso no carnaval chegando

Invento fantasias

Quem é você?

“- Coleciono saudades!”

E você?

“- Posso ter pensamentos coloridos!”

E eu?

Desenho poemas sem rima.

Coração quadrado

Coração quadrado

Coração quadrado

Coração quadrado

Coração quadrado

Coração quadrado

Vai caindo

Vai quebrando

Vai partindo

Se esfolando

Quica no asfalto

E toma força pra voar alto e cair de novo

Com mais força

Quantas vezes um coração quadrado precisa se partir pra voar livre e redondo??

Movida a raiva!

Com o coração quadrado,

como pipoca de milho transgênico salgada com o câncer do trabalhador.

Horror, horror, horror.

9, 111, mais de 200, a cada 4 uma.

Dor, dor, dor

O violador eres tu!

Não posso, não quero e não consigo. Não sou grande nem pequena. Não sou nada.

Absurdo é passar 6 horas 8 horas ganhando dinheiros para sustentar pequenas vaidades. Até ficar cega, até ficar tonta, até ficar louca. Cega e louca de raiva.

Que vida mais besta!

Me alimentando de migalhas de afeto.

Raspas e restos me interessam.