Veias entupidas de bolachas

atravessam um coração vazio.

Com a barriga cheia, mas a mente oca,

Mente louca!

olho meu corpo nu.

Na cama vazia no começo da noite

Dia longo, ouço a chuva silenciosa

Penso no carnaval chegando

Invento fantasias

Quem é você?

“- Coleciono saudades!”

E você?

“- Posso ter pensamentos coloridos!”

E eu?

Desenho poemas sem rima.

Coração quadrado

Coração quadrado

Coração quadrado

Coração quadrado

Coração quadrado

Coração quadrado

Vai caindo

Vai quebrando

Vai partindo

Se esfolando

Quica no asfalto

E toma força pra voar alto e cair de novo

Com mais força

Quantas vezes um coração quadrado precisa se partir pra voar livre e redondo??

Movida a raiva!

Com o coração quadrado,

como pipoca de milho transgênico salgada com o câncer do trabalhador.

Horror, horror, horror.

9, 111, mais de 200, a cada 4 uma.

Dor, dor, dor

O violador eres tu!

Não posso, não quero e não consigo. Não sou grande nem pequena. Não sou nada.

Absurdo é passar 6 horas 8 horas ganhando dinheiros para sustentar pequenas vaidades. Até ficar cega, até ficar tonta, até ficar louca. Cega e louca de raiva.

Que vida mais besta!

Me alimentando de migalhas de afeto.

Raspas e restos me interessam.